Alunos

TURISMO PODE SER SUSTENTÁVEL: O CASO DE SAQUAREMA.

MARCELO LYRA DE SOUZA BRASIL

 

Data da Defesa: 25/11/2009

 

 

Orientador:THEREZA CHRISTINA CARVALHO SANTOS

 

 

Resumo:

As cidades turísticas vivem, tiram seus sustentos e geram lucrospara suas empresas, explorando a natureza dos locais onde estão assentadas.Seus rejeitos e dejetos são descartados, com frequência, nesta mesmanatureza, sem os devidos tratamentos. Assim também, os fluxos que geram depopulação, transporte, energia, água, são alimentados pela expectativa delucros imediatos, sem o devido cuidado com os impactos significativos quecausam nesta mesma natureza. Os padrões de consumo desses fluxoscrescentes induzem e degradam, em igual intensidade, essa mesma natureza.O empreendimento turístico, de cunho ambiental, exige a preservação de seuambiente natural, visto que este é o seu maior bem patrimonial, e sem ele,inexiste aquela que é a maior atração do seu território. Como é possível avaliaro uso deste território? Seria permitido mensurar a utilização dos bens naturais?

O objetivo principal deste trabalho é colaborar com a gestão de municípios quetêm como uma de suas principais atividades o turismo, baseando a análisesegundo a mensuração das condições socioambientais de seu território e desua sustentabilidade.

 

Palavras-chave: Urbanismo; Turismo; Sustentabilidade.

 

 

ANÁLISE DA VIABILIDADE DO USO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS EMHABITAÇÕES DE INTERESSE SOCIAL NO MUNICÍPIO DE QUISSAMÃ – RJ

MAYRA LUZIA MIRANDA PORTILLO

 

Data da Defesa:05/08/2009

 

Orientador: LOUISE LAND BITTENCOURT LOMARDO

 

Resumo:

Este trabalho tem o objetivo de analisar a viabilidade social, técnica e financeira da implantação de energia solar térmica e eólica de pequeno porte em habitações de interesse social como parte de uma política pública, tendo como estudo de caso o município de Quissamã – RJ. Este município foi escolhido pelo seu potencial eólico e solar, e principalmente por contemplar dentro do seu Plano Diretor, diretrizes que visam o uso de fontes renováveis de energia em zonas vizinhas ao Parque Nacional de Jurubatiba. Analisou-se o Plano Municipal de Habitação de Quissamã para saber como este se desenvolve e conhecer os resultados obtidos depois da sua implantação nestes últimos anos. Entrevistou-se uma amostra representativa da população do município que mora em habitações de interesse social, para conhecer o consumo de energia elétrica destas famílias e conhecer seus costumes em relação ao consumo de energia. Foi aplicado um questionário com o qual se coletaram dados sócioeconômicos, de avaliação energética, de avaliação de serviços, de avaliação de comportamento quanto ao banho e uma breve avaliação arquitetônica. Realizou-se uma análise dos dados coletados para assim chegar a sugestões possíveis a serem propostas ao governo municipal, para que por meio de políticas públicas, tente-se melhorar a qualidade de vida das pessoas de baixa renda, tornando-as divulgadoras de tecnologias ambientalmente corretas, além de favorecer os horários de pico do sistema elétrico integrado nacional e, ainda, servir como instrumento de conscientização ambiental da população no geral. Este trabalho pretende contribuir diretamente com o município de Quissamã, como elemento demonstrativo dos benefícios que traz o uso da energia termo-solar, eólica de pequeno porte e o uso eficiente da energia como parte do Plano Municipal de Habitação.

Palavras-chave:energia renovavel, habitação, Quissamã.

 

O antigo feito novo: reciclar para conservar o patrimônio arquitetônico carioca

VANESSA AMEIXOEIRA GALDINO

 

Data da Defesa:22/06/2009

 

Orientador: JOSE SIMOES DE BELMONT PESSOA

 

 

Resumo:

A preservação do patrimônio arquitetônico, protegido ou não pela legislação municipal, estadual ou federal, garante a conservação de valores de fundamental importância para a cidade, afirmando a personalidade local e representando um autêntico significado para a cultura geral. Muito se discute sobre maneiras ou “soluções” de garantir a conservação do patrimônio construído das cidades, seja através de legislações específicas, manutenção efetiva das edificações ou a recuperação destes imóveis prevendo sua adaptação a novos usos. A reciclagem e adaptação de edificações históricas a novos usos constituem práticas muito difundidas historicamente. Uma arquitetura que por ventura perdeu a capacidade de responder a sua função original, manifesta a possibilidade, sempre subordinada a processos de modificação, de adaptar-se a novas funções. O problema que esta pesquisa pretende abordar é como garantir a conservação do patrimônio edificado, tendo a Cidade do Rio de Janeiro como parâmetro e estudo de caso, recuperado-o, respeitando ao máximo suas características originais e adaptando-o as necessidades atuais, sem a perda de seu valor histórico e artístico. Avaliar qual a contribuição do projeto de adaptação de uso, iniciado pelo estudo preciso da destinação adequada a estrutura remanescente, para a manutenção destes imóveis, discutindo e questionando a museificação destes espaços, como alternativa única para a sua conservação. A reciclagem das edificações protegidas e a adaptação destas antigas estruturas a novos usos são consideradas maneiras eficazes de preservar o patrimônio construído.

 

Palavras-chave:PATRIMÔNIO;CONSERVAÇÃO; RECICLAGEM; RESTAURAÇÃO;ADAPTAÇÃO; USO

 

AS DIFERENTES MARGENS DA CIDADE: PALCO DO EMBATE ENTRE AMBIENTE E SOCIEDADE TENDO O BAIRRO PIRATININGA (NITERÓI-RJ) COMO UNIDADE.

RUBENS MOREIRA RODRIGUES DE CARVALHO

 

Data da Defesa:05/06/2009

 

Orientador:

 

Resumo:

O bairro de Piratininga, localizado na Região Oceânica do município de Niterói (RJ), assim como muitos outros contextos urbanos situados ao longo da costa brasileira, deriva de um modelo urbano que toma por base alguns dos principais preceitos da proposta da Cidade-Jardim de Ebenezer Howard (1902). Tem, portanto, em suas belezas naturais o principal indutor de uma ocupação urbana representativa de um conceito de espaço voltado para as elites, que responde, por sua vez, pela determinação de diferentes margensde exclusão (social, urbana e ambiental). São conflitos que derivam da própria interação homemx ambiente, intrisecamente atrelada ao espaço humanizado ou urbanizado, mais conhecido como cidade. São simples ações cotidianas, essenciais à sobrevivência das sociedades humanas, mas que determinam, mundo afora, uma urgente e inquestionável necessidade de se traçar uma abordagem mais detalhada em torno das inovações científicas e tecnológicas que podem nos permitir trazer maior equilíbrio e harmonia a esta inevitável inter-relação. Desta forma, diante da perspectiva de uma mudança qualquer, comoa que atualmente pode ser percebida no bairro de Piratininga, a idéia de se agregar conceitos de desenvolvimento sustentávele de eco-arquitetura às diretrizes de planejamento, ordenamento e estruturação do espaço urbanizado, torna-se não somente premente para este estudo, como também ideal. E é, justamente ciente destas expectativas, que esta pesquisa busca compreender os principais condicionantes e determinantes do bairro de Piratininga, procurando, ao longo de sua história, o melhor entendimento dos seus conflitos e dos seus problemas. Pois, somente diante deste completojuízo, e também das inovações incentivadas por uma conscientização humana de caráter mais ecológico, é que há a possibilidade de se enxergar um alvorecer menos turvo e acinzentado, tanto para o futuro do bairro em questão, quanto para os demais espaços humanizados que encontrarem-se sob os mesmos indicadores.

Palavras-chave:Planejamento urbano-ambiental; desenvolvimento sustentável; eco-arquitetura; cidade-jardim e ecologia.

 

Teoria da restauração na pratica de conservação municipal do patrimônio arquitetônico do Rio de Janeiro

LAURA DI BLASI

 

Data da Defesa: 01/06/2009

 

Orientador:JOSE SIMOES DE BELMONT PESSOA

 

Resumo:

Este trabalho pretende tecer algumas reflexões sobre a aplicação das teorias de restauração na prática de conservação municipal do patrimônio arquitetônico carioca. Seu objetivo é demonstrar os critérios adotados pelo órgão municipal de proteção do patrimônio cultural na análise e aprovação de intervenções de restauração de edificações tombadas pela legislação municipal. A iniciativa visa contribuir para uma avaliação dos resultados das restaurações, no que concerne ao respeito da intervenção pelos aspectos materiais, documentais, memoriais e simbólicos dos bens protegidos. A motivação para a escolha desse tema advém de um encantamento pessoal pelas questões do patrimônio cultural do Rio de Janeiro. Este sentimento surgiu em conseqüência de, pelo menos, por três motivos distintos: ser cidadã carioca, ter formação de arquiteta e pertencer ao quadro de técnicos do órgão municipal de patrimônio cultural há dezesseis anos. Ao longo desse período de prática profissional percebi a complexidade dos assuntos relacionados aos bens de valor cultural e a responsabilidade exigida para propor intervenções em edificações tombadas, que envolvem, não somente a recuperação arquitetônica, mas, também, a valorização de significados documentais, memoriais e simbólicos para toda uma coletividade. Afinal, são estes valores subjetivos que justificam a proteção dos edifícios. A preocupação em fundamentar de maneira correta as propostas de restauração que de fato respeitem o que pretensamente se quer conservar, conduziu-me à busca de conhecimento dos referenciais teóricos e metodológicos que regem o campo disciplinar da restauração arquitetônica.

Palavras-chave:Restauração, conservação, patrimonio arquitetônico, Rio de Janeiro

 

 

SANEAMENTO E MELHORAMENTO DA LAGOA RODRIGO DE FREITAS:A PREPARAÇÃO DE UM ESPAÇO URBANO PARA AS ELITES

SONIA SCHLEGEL COSTA

 

Data da Defesa: 15/05/2009

 

 

Orientador:FERNANDA FURTADO DE OLIVEIRA E SILVA

 

 

Resumo:

Essa dissertação tem como tema central o processo de elitização do espaço urbano da Lagoa Rodrigo de Freitas e seu entorno, com foco nos anos 1920, e tomando como objeto principal o Projeto de Saneamento e Embelezamento da Lagoa Rodrigo de Freitas, iniciado durante a administração do Prefeito Carlos Sampaio e concluído na gestão seguinte. Tomouse como ponto de partida um panorama histórico e conceitual, a partir do qual foi possível compreender o processo de preparação da região, para alcançar essa elitização, no bojo da dinâmica da evolução da cidade do Rio de Janeiro. A abordagem dos diversos períodos desse processo levou à identificação de seus dois principais marcos: o primeiro na década de 1920 (com o projeto de saneamento e embelezamento) e o outro na década de 1960 (com a remoção das favelas e a inserção das vias da Lagoa no complexo de eixos rodoviários da cidade). A análise realizada permitiu então situar o período dos anos de 1920 como um momento decisivo de deslanche desse processo de transformação da região. A evolução espacial da área (durante os séculos XIX e XX), tomada como eixo para o desenvolvimento do trabalho, foi analisada através de um estudo gráfico e interpretativo, apenas possível com o desenvolvimento de uma metodologia específica para o tratamento dos mapas e projetos de alinhamento. O material pesquisado do século XIX foi importante para identificar os eixos de penetração e desenvolvimento dos bairros, assim como para localizar suas áreas industriais, posteriormente removidas; o material pesquisado do século XX foi fundamental para evidenciar o empenho do poder público e suas ligações com a elite local, na concretização da transformação da região. Além do estudo gráfico, outros documentos permitiram o aprofundamento das questões envolvidas no desenvolvimento do projeto de saneamento (e embelezamento) e suas relações com a elitização da região da Lagoa Rodrigo de Freitas.

 

Palavras-chave:Rio de Janeiro – Lagoa Rodrigo de Freitas – Saneamento

 

 

O PAISAGISMO COMO FORMA DE REDUÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS E MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NOS CONDOMÍNIOS HORIZONTAIS: UMA ANÁLISE DOS CONDOMÍNIOS DE JUIZ DE FORA/MG

NELSON PAES LEME DOMINGUES DE ARAUJO

 

Data da Defesa:07/05/2009

 

Orientador: MARIA DE LOURDES PINTO MACHADO COSTA

 

Resumo:

Devido ao crescimento dos centros urbanos e, por conseqüência, o aumento de problemas como violência e poluição, muitas pessoas, principalmente com renda mais elevada, procuram por moradias mais afastadas desses centros, com mais segurança e áreas verdes. Surgem assim, os condomínios horizontais, uma nova proposta de se morar, onde se vende um novo estilo de vida, mais saudável, em contato com a natureza, com conforto e a sensação de se estar seguro. Tal fato pode ser observado em várias cidades brasileiras, dentre elas Juiz de Fora/MG. Mas devido ao desrespeito às leis de proteção ambiental e de uso e ocupação do solo e à falta de planejamento paisagístico e urbanístico, esses condomínios viraram conjuntos de casas luxuosas, que descaracterizam paisagisticamente os locais, impermeabilizam o solo, modificam o relevo e destróem quase toda cobertura vegetal da área assentada, comprometendo, assim, a expectativa de qualidade de vida, originalmente tão procurada por seus moradores. O trabalho tem como objetivo analisar como se encontra o tratamento paisagístico dos condomínios de Juiz de Fora, enquanto instrumento ou recurso que pode viabilizar a melhoria da qualidade físico-ambiental e mitigar os impactos ambientais, produzidos pelas intervenções antrópicas.

Palavras-chave:Paisagismo. Paisagem. Impactos ambientais. Condomínios horizontais/Loteamentos fechados. Juiz de Fora.

 

UMA ANÁLISE DO QUADRO DE OCUPAÇÃO INSUSTENTÁVEL NA FAIXA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO RIO SARAPUÍ: O CASO DO BAIRRO JARDIM METRÓPOLE, EM SÃO JOÃO DE MERITI

PATRICIA ALCANTARA MACHADO

 

Data da Defesa:29/04/2009

 

Orientador:

 

 

Resumo:

A dissertação diz respeito a um estudo de caso no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro. A área objeto de estudo – situada no bairro Jardim Metrópole – corresponde a um conjunto de assentamentos formais e informais, situados em área integrante dosistema de drenagem implantado na bacia do rio Sarapuí. Trata-se de uma área ambientalmentefrágil, sujeita à freqüentes inundações. A caracterização e a análise do processo de ocupação desta área permitem uma representação do problema observado ao longo da faixa marginal de proteção desse rio. Embora diversas intervenções públicas tenham ocorrido na região, observa-se que esse quadro de ocupação insustentável agravou-se ao longo dos últimos anos,mesmo após a implementação recente do Programa Baixada Viva / Nova Baixada – um significativo conjunto de obras de infra-estrutura realizadas na área. Na compreensão deste quadro, buscou-se resgatar o processo de expansão urbana da cidade do Rio de Janeiro e suas conseqüências na estruturação de um padrão de segregação social no espaço urbano que caracteriza a ocupação da Baixada Fluminense. A ausência de um planejamento do uso e da ocupação do solo nestes municípios deu origem a um processo de urbanização, promovido tanto pelo poder público, quanto pela população local, inadequado do ponto de vista sócio-ambiental. Buscou-se, ainda, nesta pesquisa, abordar a estruturação social e política do município de São João de Meriti, procurando demonstrar que a perpetuação de práticasclientelísticas e assistencialistas que vigora nas relações políticas, desde a época da emancipação desta municipalidade, vem comprometendo ainda mais a resolução destes problemas. Os relatos dos moradores do Jardim Metrópole ressaltam, por sua vez, os graves problemas sócio-ambientais vividos em seus cotidianos e reforçam a hipótese de que esta área deve ter um tratamento diferenciado por parte do poder público com o intuito de ao menos minimizar este complexo quadro de vulnerabilidade. Nesse sentido, este trabalho pretende contribuir com subsídios para um melhor entendimento do processo de ocupação da áreaobjeto de estudo, bem como para a formulação de políticas públicas que tenham a sustentabilidade como eixo condutor.

 

Palavras-chave:Proteção ambiental; Desenvolvimentosustentável; Desenvolvimento urbano; Baixada Fluminense (RJ).

 

 

“Sustentabilidade e o Processo de Planejamento e Gestão Urbana. Uma reflexão sobre o caso de Rio das Ostras (RJ)”.

ALINE COUTO DA COSTA

 

Data da Defesa:08/01/2009

 

Orientador:MARIA DE LOURDES PINTO MACHADO COSTA

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

ARTICULAÇÃO DO CONLESTE NO ENFRENTAMENTO DAQUESTÃO HABITACIONAL DIANTE DOS PROCESSOS DEURBANIZAÇÃO ACELERADOS PELO COMPERJ-RJ

DANIELA VIEIRA DO AMARAL

 

Data da Defesa: 07/12/2009

 

Orientador: FERNANDA ESTER SANCHEZ GARCIA

 

Resumo:

O presente trabalho de dissertação desenvolve uma reflexão acerca dos processos de

transformação territorial a partir da instalação de um novo e grande empreendimento

regional: o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro, COMPERJ. Tem

como questão central discutir quais são os atores do CONLESTE (Consórcio dos

Municípios do Leste Fluminense que reúne onze municípios das áreas direta e

indiretamente afetadas pelo Complexo) e como estes se articulam com outros

atores,instituições e escalas de ação externas ao consórcio, para enfrentar as demandas

de habitação e infra-estrutura urbana advindas da urbanização acelerada pela chegada

do novo empreendimento. Apresenta e analisa de forma crítica o atual projeto de

desenvolvimento para este território, construído sob a retórica oficial da

sustentabilidade e do compromisso social, com a mediação de organismos

internacionais, como a ONU-Habitat. Aborda a possível emergência do conflito entre os

atores locais, regionais e nacionais envolvidos na produção de agendas de

desenvolvimento e vinculados ao projeto frente (a) aos indicadores sociais que

caracterizam a região, (b) à precariedade da infra-estrutura instalada nas áreas urbanas,

(c) à urbanização acelerada, (d) ao crescimento da pobreza e das manchas urbanas de

informalidade e (e) aos seus diferentes interesses políticos. Espera-se, então, contribuir

com uma avaliação crítica dos desdobramentos do novo modelo de produção e gestão

do espaço em uma região estremecida por uma nova dinâmica territorial, acelerada pela

implantação deste empreendimento do ramo petrolífero. E ainda, refletir acerca do

movimento de articulação de atores voltado para a construção democrática de agendas

alternativas capazes de identificar estratégias e instrumentos mediante os quais possa ser

alcançada uma distribuição mais equitativa e inclusiva dos benefícios da urbanização no

enfrentamento deste cenário de incertezas e conflitos.

 

Palavras-chave:CONLESTE – Consórcio dos Municípios do Leste Fluminense – RJ,Brasil; COMPERJ – Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro; Habitaçãode Interesse Social; Projeto de Desenvolvimento Regional

 

Uma contribuição ao processo de definição dos critérios delocalização das Unidades de Saúde da Família: um estudo de casona AP – 1, do Município do Rio de Janeiro – São Cristóvão.

ENEAS QUERIN FERNANDES

 

Data da Defesa:17/02/2009

 

Orientador:THEREZA C. CARVALHO DOS SANTOS

 

Resumo:

A Estratégia da Saúde da Família é o principal foco do cuidado da saúde da população.

Através dele o Governo pretende modificar a forma de entrada da população no sistema

de saúde. Cuidar da saúde e não da doença.

A implantação da Estratégia nos grandes centros tornou-se um desafio para a maioria

dos governos municipais, e em especial para a cidade do Rio de Janeiro. Os governos

em geral têm utilizado quase sempre os mesmos critérios para a escolha da localização

das novas unidades.

O trabalho realizado apresenta um novo critério, visando estabelecer uma metodologia

diferente para a escolha de possíveis localizações de novas Unidades de Saúde da

Família. A utilização de dados obtidos através do Censo e de levantamentos efetuados

pela Prefeitura, visa dar ao trabalho, uma alternativa fora de critérios subjetivos para a

escolha e principalmente inseri-lo na dinâmica das modificações morfológicas por que

passam as cidades.

Os resultados obtidos permitem sua sistematização e aplicação em outros bairros,

regiões e municípios.

 

Palavras-chave:Assistência pública, Planejamento urbano, Saúde pública, Centro de

saúde, Rio de Janeiro (Estado), Espaço público.

 

 

A ATUACAO DO CAPITAL INCORPORADOR EM AREAS CONSOLIDADAS DE ALTA

RENDA NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO: Panorama e novas possibilidadesde aproveitamento de terrenos no bairro do Leblon

GILBERTO CESAR WILSON DE ARAUJO SILVA

 

Data da Defesa: 02/04/2009

 

 

Orientador:FERNANDA FURTADO DE OLIVEIRA E SILVA

 

 

Resumo:

Esta dissertacao toma como tema central a atuacao do capital incorporador

emareas consolidadas de alta renda na cidade do Rio de Janeiro, tendo como foco

aproducaoimobiliaria residencial recente e concentrando-se no bairro do Leblon.

Toma-se como ponto de partida a identificacao de uma situacao em que,

diferentemente da solucao usual em areas de alto valor dos terrenos urbanos, o

projeto realizado nao utilizou o aproveitamento integral do potencial construtivo do

terreno. Esta situacao oferece a base para o estudo dos fundamentos conceituais e

tecnicos sobre o valor e a valorizacao do solo urbano. A analise da questao da

subutilizacao do potencial construtivo autorizado e desenvolvida buscando-se

tambem entende-la tanto no contexto historico concreto da evolucao do bairro como

atraves da sistematizacao do processo de incorporacaoimobiliaria. Atraves do

estudo do negocio imobiliario, e com base na permanente disputa entre o

proprietario da terra e o incorporador imobiliario pela apropriacao do valor do solo

urbano, a situacao identificada e colocada em perspectiva. Para tanto, sao

desenvolvidassimulacoes de solucoesprojetuais e de viabilidade economica em

duassituacoes diferentes encontradas no bairro, a primeira com a utilizacao integral

e a segunda com a subutilizacao do potencial construtivo. O exame das

possibilidades e limites dessas alternativas permite identificar algumas condicoes

para a criacao de empreendimentos com aproveitamento do potencial construtivo

inferior ao maximo permitido pela legislacaourbanistica e edilicia vigente, sem que

isso represente perda economica para o proprietario, e ainda garantindo um

resultado financeiro adequado para o incorporador.

 

Palavras-chave: Rio de Janeiro, Producaoimobiliaria residencial, Capital

incorporador, Aproveitamento do potencial construtivo de terrenos urbanos.

 

 

 

“Paraibuna: O Rio e a Cidade.”

Erika Guedes Magalhães

 

Data da Defesa:07/04/2009

 

Orientador: MARLICE NAZARETH SOARES DE AZEVEDO

 

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

“Refazendo o Caminho: Dimensões do Projeto Urbano de Niemeyer para Niterói – RJ”.

João Batista da Silva Porto Junior

 

Data da Defesa:22/05/2009

 

Orientador: GLAUCO BIENENSTEIN

 

 

Resumo:

A presente dissertação se propôs a analisar os novos processos de renovação

urbana embasados na gestão empresarial e associada à idéiaguydeborianade

mercantilização da cultural e espetacularização dos espaços das cidades

contemporâneas. Este novo planejamento auto-intitulado como “estratégico” consiste

num complexo espectro de coalizões sócio-políticas, que visam a reorganização dos

espaçosintra-urbanos, com o objetivo de adequá-los ao novo patamar que passou a

vigorar no sistema capitalista a partir da falência do regime fordista. A expressão

mais impactante deste direcionamento empresarial deu-se por meio dos “Grandes

Projetos de Desenvolvimento Urbano” (GPDUs), difundidos e legitimados pelas

agências multilaterais e organismos paraestatais como remédios milagrosos para

recuperação da propalada crise das cidades, representam, no mais das vezes, a

materialidade do empresariamento na intenção de reorganizar o espaço urbano.

Amplamente promovidos pelo city marketing e por uma série de fabulações

simbólicas, os GPDUs se propagaram rapidamente e no Brasil já se tornaram

freqüentes, sendo cada vez mais numerosos os governos urbanos que aderem a

estas estratégias para angariarem maiores investimentos.

O Caminho Niemeyer, em implantação no município de Niterói representa um

importante arquétipo deste modelo, nascido da vontade política do prefeito

pedetetista Jorge Roberto Silveira e amparado no esteio do bem-aventurado Museu

de Arte Contemporânea de Niterói, o MAC, o projeto buscou por meio da arquitetura

ousada e monumental de Oscar Niemeyer, ampliar a visibilidade da cidade no

contexto nacional e internacional. Assim como a maioria dos GPDUs, o Caminho

Niemeyer possui uma multidimensionalidade intrínseca e, a partir dela, foram

metodologicamente escolhidas duas principais dimensões para o aprofundamento

sobre a discussão, respectivamente, a política e a arquitetônica. A primeira

dimensão aborda o GPDU como importante peça do jogo político do município de

Niterói, investigando como que ao longo do processo, as diferentes administrações

se apropriaram da sua imagem para aliciar maior representatividade. A segunda por

sua vez, investiga a ostentação da forma e da imagem na produção da arquitetura

contemporânea de caráter espetacular, considerando sua utilização como fetiche

para promoção dos interesses empresariais e/ou de determinados políticos, além de

investigar as relações destes formalismos arquitetônicos com a produção do

centenário Oscar Niemeyer.

 

Palavras-chave:1. Caminho Niemeyer; 2. Projeto [Urbano]; 3. Política [Urbana]; 4.

Planejamento [Estratégico]; 5. Arquitetura

 

(RE) CONHECER O SUBÚRBIO CARIOCA. Uma análise das transformações e permanências na morfologia dos bairros do Méier e Engenho Novo

JOSIELLE CÍNTIA DE SOUZA ROCHA

 

Data da Defesa:24/11/2009

 

Orientador: GERÔNIMO EMÍLIO DE ALMEIDA LEITÃO

 

Resumo:

O trabalho apresentado é a realização de um esforço reflexivo cujo objetivo é

analisar a dinâmica da produção do espaço associada à expansão e consolidação

da estrutura urbana. Tomou-se por estudo de caso, os bairros do Méier e Engenho

Novo, localizados ao longo do Ramal da Estrada de Ferro Central do Brasil, na Zona

Suburbana da cidade do Rio de Janeiro. Esta abordagem contemplou a

historiografia da evolução urbana da cidade, do subúrbio e especialmente dos dois

bairros em questão, analisando sua trajetória no período de 1870 até os dias atuais.

Destacaram-se algumas práticas dos agentes de desenvolvimento urbano, e

consequentemente, a produção social do espaço, a fim de compreender o fenômeno

de transformação da paisagem suburbana. Através da identificação empírica da

morfologia urbana, bem como das entrevistas feitas à população, investigou-se a

transformação da paisagem desse subúrbio com a introdução dos novos estilos de

vida e, por fim, as possibilidades de uma nova identidade.

 

Palavras-chave:subúrbio, Méier, Engenho Novo, paisagem urbana, identidade.

 

“Devolver o mar aos cidadãos cariocas? Diferentes perspectivas sobre a cultura na revitalização de frentes marítimas.”

MARIANA LIMA MENEZES

 

Data da Defesa:01/12/2009

 

Orientador:FERNANDA ESTHER SÁNCHEZ GARCIA

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

PAISAGEM E TEMPORALIDADE: EXPRESSÃO NATURAL E HUMANA NALAGUNA DE MARICÁ – RJ.

MICHELE ABUCHE COYUNJI

 

Data da Defesa:20/03/2009

 

Orientador: WERTHER HOLZER

 

Resumo:

Este trabalho tem como objetivo o estudo da relação entre a atuação antrópica e o

espaço natural, que é expressa através da paisagem. Para tanto, tem como objeto

de estudo a Área de Proteção Ambiental de Maricá (APA de Maricá), localizada no

complexo lagunar do município de Maricá, RJ. Trata-se de uma área com

significativo potencial natural relacionada ao contexto urbano municipal, que tem

sido vista como local para expansão da malha urbana. Portanto, analisa a forma

como esta paisagem é percebida, para então, identificar como a integração entre

mudanças naturais e culturais interfere nas condições sócio-ambientais.

Consequentemente, parte da análise do conceito de paisagem e sua vertente natural

e cultural, assim como a interação entre meio natural e urbano. Considera, também,

a percepção ambiental, a fim de identificar como os diferentes setores sociais

envolvidos com a APA de Maricá a apreendem e se relacionam com esta, tendo em

vista os traços que indicam o processo de transformação desta paisagem.

 

Palavras-chave:Paisagem natural. Paisagem cultural. Qualidade sócio-ambiental.

Adequação ambiental. Atuação antrópica.

 

O PAPEL DA FERROVIA NA CONFIGURAÇÃO DO TERRITÓRIO DE BARRA MANSA – RJ

ALOÍSIO LÉLIS DE PAULA

 

Data da Defesa:29/07/2009

 

Orientador: THEREZA CHRISTINA CARVALHO DOS SANTOS

 

 

Resumo:

Este trabalho se propôs a estudar a cidade de Barra Mansa em sua configuração

territorial. Para isso, pesquisaram-se suas origens na ocupação do Vale do Paraíba

Fluminense a partir de sua gênese. As primeiras penetrações e caminhos deram a

Barra Mansa a importância da centralidade que se efetivou. Buscou-se identificar

seus ciclos econômicos desde as primeiras fazendas até a industrialização,

delineando sua história e sua ocupação evidenciando a importância desse ponto de

convergência de caminhos e também de interesses políticos e econômicos.

Procurou-se entender a ocupação rápida e desordenada induzida pela

industrialização. Estudou-se a importância da convergência dos caminhos singulares

e depois caminhos ferroviários que ofereceram condições à industrialização e suas

conseqüências e marcaram seu território. A principal preocupação deste trabalho foi

evidenciar e estudar a importância do desenvolvimento ferroviário e industrial no

processo de ocupação e articulação territorial da região Sul Fluminense,

principalmente de Barra Mansa.

 

Palavras-chave:Barra Mansa, ferrovia, industrialização

 

Avaliação do desempenho térmico de diferentes coberturas através do monitoramento de células – Testeem Niterói – RJ

REGINA CÉLIADA ROCHA VIEGAS

 

Data da Defesa:17/12/2009

 

Orientador: LOUISE LAND B. LOMARDO

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

MARCAS DE GOVERNO: UM ESTUDO COMPARATIVO DE GESTÃO URBANA EMMETRÓPOLES BRASILEIRAS RIO DE JANEIRO E BELÉM – PARÁ

ROSIMAR FREIRE BARBOSA

 

Data da Defesa:18/12/2009

 

Orientador:GLAUCO BIENENSTEIN

 

Resumo:

Este trabalho é um subproduto do projeto intitulado: “GLOBALIZAÇÃO,

COMPETITIVIDADE E METRÓPOLE: Estudo Comparativo sobre Gestão e Produção do

Urbano Brasileiro Contemporâneo”, cujo principal objetivo é identificar possíveis

convergências e/ou similaridades das políticas públicas voltadas à gestão urbana

empreendidas por diferentes orientações político-partidárias, frente aos imperativos do que

vulgarmente tem sido denominado de fenômeno da globalização nas metrópoles brasileiras.

Nesse sentido, ele analisa e compara as experiências de políticas públicas de habitação e

urbanização em áreas ocupadas na cidade do Rio de Janeiro, administração César Maia (1993-

1996, 2000-2004), e Belém, PA, administração Edmilson Rodrigues (1997-2004). O Projeto

Favela-bairro e o Projeto Tucunduba, implementados na década de 1990, consubstanciam o

estudo de caso da presente dissertação. Avalia-se que tais projetos, a despeito de pertencerem

a administrações de orientações político-partidárias distintas, além de se constituírem

verdadeiros símbolos e/ou marcas de governo das administrações estudadas, apresentam um

razoável grau de convergência, notadamente através de sua relação/articulação com as

agências multilaterais, no caso, o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

 

Palavras-chave:(I) Belém; (II) Habitação; (III) Metrópole; (IV) Políticas públicas; (V) Rio de

Janeiro.

 

 

POR UMA VALORIZAÇÃO DA CULTURA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE NOVA FRIBURGO

ANA PAULA GOMES MARTINS PINTO

 

Data da Defesa: 31/08/2009

 

Orientador:MARIA LAIS PEREIRA DA SILVA

 

Resumo:

O processo de industrialização do município de Nova Friburgo começou no ano de 1911. Foi apoiado por alguns empresários alemães dos setores têxtil e de metal-mecânica quando a distribuição espacial das primeiras unidades industriais desempenhou um papel essencial na construção da identidade territorial bem como no estabelecimento do ambiente social e de poder. Foi também a partir dessa distribuição que a classe operária e as fronteiras de seus bairros emergiram no período como a maior fonte de recursos de oferta de emprego para a população local. Especialmente o setor têxtil apareceu como uma significativa concentração de unidades fabris com a chegada da TriumphInternational, na década de 1968, após a aquisição da Indústria Filó, quando se estabelece o seu setor especializado em roupa íntima feminina, naquela municipalidade. Durante a crise econômica de 1980, um considerável número de costureiras foi demitido daquela indústria e, como meio de sobrevivência, elas começaram a desenvolver, por iniciativa própria, a produção dentro de seus lares. Devido a essa circunstância, a reformulação da confecção industrial, de larga para pequena escala, originou o Polo de Moda Íntima como uma nova tendência de modelo de produção, exercendo influência sobre os municípios vizinhos. Porém, a partir de pré-supostos dessa nova estrutura organizacional ainda influenciada pela tradição industrial local, promoveu-se o desenvolvimento da dimensão econômica, mas não de maneira igualitária. Nesse sentido, o foco central desta pesquisa busca clarificar valores socioculturais e a identidade territorial de Nova Friburgo bem como a influência desses fatores culturais sobre a configuração de peculiaridades do Pólo de Moda Íntima. O objetivo dessa opção de pesquisa é compreender de que maneiras tal modelo de desenvolvimento interage com a comunidade local, para além da implementação de emprego.

 

Palavras-chave:cultura, identidade territorial, desenvolvimento local.

 

 

ÁGUA E MEMÓRIA: O Sistema de Abastecimento de Água como Patrimônio Arquitetônico e

Urbanístico da Cidade de Niterói (1819-1954)

CAROLINA MACHADO MARTINS

 

Data da Defesa:08/05/2009

 

Orientador: NIREU CAVALCANTI

 

Resumo:

A área conhecida como morro São Lourenço foi o núcleo pioneiro de vários acontecimentos

históricos diretamente relacionados ao processo de formação de Niterói. Rica em recursos

hídricos foi a área original para o primeiro sistema de abastecimento da cidade, mais tarde

denominado Complexo do Vintém. Entretanto, a deterioração em que se encontra esse antigo

sistema e o desconhecimento de seu valor patrimonial para a cidade refletem o abandono pelo

poder publico e por grande parte da população.

Na medida em que o patrimônio arquitetônico e urbanístico é visto também como um grande

acervo do registro de acontecimentos e fases da historia de uma cidade, relacionados intimamente

com a cultura e a memória do povo, os testemunhos dos antigos sistemas de abastecimento de

água são objetos que marcaram o cotidiano e, portanto, enriquecem a historia desta comunidade.

Assim, a cultura e a memória configuram-se como principais fatores de coesão e identidade,

responsáveis pelos elos que unem as pessoas em torno da noção comum de compartilhamento e

identidade – condições básicas para o senso de cidadania. A partir disso, observamos a

importância do conhecimento destes elementos para conformação da memória local. Esta

pesquisa, orientada para um estudo histórico da urbanização original de Niterói nos seus aspectos

sociais, culturais, funcionais e morfológicos, busca, ao lado da preocupação patrimonial, analisar e

refletir sobre a importância dos sistemas de abastecimento de água no processo de formação

dessa cidade.

 

Palavras-chave:História urbana; sistemas de abastecimento de água; patrimônio; paisagem histórica e memória.

 

A INFLUÊNCIA DO SENTIDO RELIGIOSO NA FORMAÇÃO DACIDADE DO RIO DE JANEIRO: DE VILLEGAIGNON AO VICE-REI

CLAUDIA BARBOSA TEIXEIRA

 

Data da Defesa:17/02/2009

 

Orientador: NIREU OLIVEIRA CAVALCANTI

 

Resumo:

A cidade do Rio de Janeiro, mesmo depois de mais de 4 séculos desde a

chegada dos primeiros cristãos portugueses, ainda carrega as marcas da

hegemonia cristã do mundo de então. Este trabalho tem como objetivo apontar o

sentido religioso como um dos fatores que influenciaram a formação urbana e a

tipologia arquitetônica da cidade do Rio de Janeiro no período de 1555 (início da

ocupação francesa) até 1763 (ano da elevação da cidade do Rio de Janeiro a capital

do Vice-Reino). Para tanto, se investigou a representação espacial do sentido

religioso na cidade, identificando o papel que coube a Igreja Católica e a cada uma

das quatro grandes Ordens Religiosas que aqui chegaram: Companhia de Jesus,

Ordem de São Bento, Ordem do Carmo e Ordem dos Frades Menores. O foco

central desta pesquisa é desvendar as ações estratégicas executadas por estas

instituições, bem como pelas Ordens Leigas, verificando de que maneira se

apropriaram do território carioca e quais as consequências dessa ocupação. Da

mesma forma foram analisados os conjuntos arquitetônicos de cada uma das quatro

Ordens e da primeira Sé Catedral, de propriedade da Igreja secular.

 

Palavras-chave:Religião. Urbanismo. Arquitetura. Rio de Janeiro.

 

ANÁLISE CRÍTICA DA METODOLOGIA DO CÁLCULOPRESCRITIVO DO REGULAMENTO TÉCNICO DAQUALIDADE PARA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DEEDIFÍCIOS COMERCIAIS, DE SERVIÇOS E PÚBLICOS.

CRISTIANE BARBOSA GODOY

 

Data da Defesa:

 

Orientador: LOUISE LAND BITTENCOURT LOMARDO

 

Resumo:

O Regulamento Técnica da Qualidade para Eficiência Energética de Edifícios Comerciais, de

Serviços e Públicos foi criado com o intuito de atender a Lei nº 10.295 de 17 de outubro de

2001, que tem como objetivo principal desenvolver a eficiência energética no país atendendo

a Política de Conservação e Uso Racional de Energia.

Esta dissertação tem como objetivo dar uma visão geral do cenário mundial em relação ao

consumo de energia elétrica e da certificação LEED, que foi criada em um país desenvolvido

com o intuito de frear o consumo desordenado de energia, e de avaliar a implementação do

Regulamento Técnico da Qualidade para Eficiência Energética de Edifícios Comerciais, de

Serviços e Públicos. O Regulamento será aplicado em uma edificação já existente, sendo

assim analisados os seus pontos positivos e negativos, bem com sua funcionalidade e de

acordo com a realidade do edifício. Serão feitos posteriormente avaliações em cima dos

resultados obtidos, bem como as soluções necessárias para que esta edificação se encontre em

um nível bom de eficiência energética de acordo com a regulamentação.

 

Palavras-chave:Desenvolvimento Sustentável. Certificação Ambiental. Conservação de

Energia.

 

Centro de Niterói: Uma prospecção virtual dos fragmentos urbanos.

CARLOS ALBERTO PERES KRYKHTINE

 

Data da Defesa:12/08/2009

 

Orientador:  MARLICE NAZARETH SOARES DE AZEVEDO

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

 

Resumo:

 

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

Data da Defesa:

 

Orientador:

 

Resumo:

 

Palavras-chave:

 

 

 

Fechar Menu